Vendas na internet: Como se preparar para a Black Friday?

black friday 2018 vendas online

A Black Friday 2018 está chegando. A expectativa dos consumidores pela chegada do dia 23 de novembro é muito grande. A receita de vendas online no evento do ano de 2017 foi de R$2,1 bilhões (10,3% maior do que a do ano anterior). Esses números trazem perspectiva de crescimento para esse mês e muitos e-commerces já se preparam com descontos antecipados.

Porém, a maior parcela de
venda acontece no dia e é importante se preparar, pois é necessário que tudo
ocorra bem durante as 24 horas de sexta-feira. Falta menos de um mês, então é
importante que você garanta alguns pontos essenciais:

Descontos reais

Vamos começar pelo óbvio.Você deve lembrar que, nos primeiros anos da Black Friday no Brasil, ela ganhou o apelido de “Black Fraude”. Isso porque algumas empresas davam descontos falsos (aumentavam o valor dos produtos pouco tempo antes de novembro e diminuíam no dia). O consumidor ficou muito mais exigente nesse sentido e surgiram diversas ferramentas para identificar esses falsos descontos.

Esse ponto é essencial,principalmente para a imagem de uma marca. Uma atitude dessas pode sujar o nome de qualquer empresa por um bom tempo. Ofereça descontos dentro do planejamento,mesmo que eles não sejam tão grandes, para preservar a boa relação entre você e o consumidor.

Aumente a expectativa do público para a Black Friday

Se você ainda não começou a preparar o seu público alvo, é importante que o faça. Campanhas como“Aquecimento para a Black Friday” aumentam a expectativa dos clientes e podem aumentar as vendas do mês, que normalmente são “mornas” porque as pessoas decidem esperar até o dia do evento.

Caso você tenha um métodoimplantado de captura de leads (armazenamento de dados sobre potenciaisclientes), é importante que alimente a sua base de contatos para ampliar oalcance da sua campanha.

Prepare a estrutura

Como citamos anteriormente, serão apenas 24 horas para vender e, para não perder oportunidades, é importante que tudo seja pensado e estruturado. Essa estrutura compreende o atendimento nas redes sociais ou por e-mail, que deve ser feito em tempo real, por exemplo.  É importante, além disso, que seja garantido o funcionamento da loja virtual para a melhor experiência do cliente.

Oferta/demanda

Lojistas podem se empolgar tanto com as vendas na Black Friday que esquecem de discriminar o número de unidades de um produto no estoque, por exemplo. Se você não se preocupar em aumentar o estoque de acordo com a demanda estimada, é fundamental que evite possíveis problemas com reclamações, por exemplo.

Faltou planejamento
para a Black Friday?

Como falta pouco tempo,algumas questões, como as que citamos, ainda podem ser resolvidas. Porém,dependendo do ramo de atuação, o planejamento deve ser feito com muita antecedência para não gerar prejuízo. Para empresas que não têm um bom suporte para a campanha de descontos da Black Friday, indicamos que façam ofertas menores e foquem em outras campanhas importantes para o final do ano, como o Natal.

Para quem tem um e-commerce, muitas questões devem ser resolvidas com antecedência e têm resultados apenas a longo prazo. Portanto, confira em nosso blog as melhores dicas de estratégias de marketing para o segmento.

Compartilhe