Por que a sua empresa deve investir em Inbound Marketing em 2021

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

O Inbound Marketing é a melhor estratégia para a recuperação do seu negócio a médio prazo 

O ano de 2020 foi completamente diferente. Além do dia a dia atípico e limitado que fomos forçados a viver por conta da pandemia do novo coronavírus, houve mudanças também na economia, configurando novas necessidades para os empreendedores tanto para o restante deste ano, como dos próximos que vêm por aí. 

Se trata, além de um aprendizado, uma maneira também diferente de se conectar com seu cliente, que enxergará novos caminhos para escolher uma empresa. Então, ao invés de interrompê-lo com propagandas, por que não aproveitar esse momento em que nos distanciamos fisicamente e nos aproximamos digitalmente para atrair os clientes até você? 

É nesse cenário que entra o Inbound Marketing. Se você já leu nosso outro post sobre Planejar o marketing digital da sua empresa para 2021, vai entender também porque o estamos no momento certo para investir no Inbound Marketing.

Como funciona a estratégia do Inbound Marketing? 

Como a ideia é atrair seu público para um relacionamento de mão dupla ao invés de uma comunicação geral, onde não há um diálogo com os clientes, a estratégia passa por criar conteúdo relevante para atrair leads qualificados, ou seja, usuários da internet que estejam interessados no que você tem a oferecer e, por consequência, mais propensos a adquirir os produtos e/ou serviços da sua empresa. 

Por isso, para fazer Inbound Marketing, é preciso atrair o interesse das pessoas e se relacionar com elas. Para que isso aconteça com qualidade, o Inbound se baseia em três pilares importantes:

SEO  |  Marketing de Conteúdo  |  Redes Sociais

Enquanto o SEO (Search Engine Optimization) cria estratégias para que seu conteúdo seja visto e suba até a primeira página dos buscadores como o Google, por exemplo, o Marketing de Conteúdo é seu aliado para criar informações relevantes que vão de encontro com a necessidade do usuário. Enquanto isso, as estratégias nas redes sociais conversam e se relacionam com o cliente, sem interrompê-lo. 

Esses três pilares são responsáveis por atrair os leads e trazê-los para uma régua que gera negócios e lucro para sua empresa. Porém, o Inbound Marketing não é só sobre atrair clientes, mas também sobre relacionar

Com esse intuito, canais diferentes são usados para estratégias distintas, fazendo o lead que você atraiu seguir por um funil que vai levá-lo a uma fidelização por meio de bons materiais e conteúdos.

Confira o funil e algumas estratégias que podem ser usadas para converter, vender e fidelizar:

  • Atração – Esta é a fase do SEO, marketing de conteúdo e mídias sociais que mencionamos. O objetivo é chamar a atenção do máximo de pessoas que possuam o perfil da sua marca por meio de conteúdo relevante, que desperte o interesse dos usuários e que cheguem até eles da forma correta, sem interrupções. 
  • Conversão – É quando um usuário com o perfil que você quer se torna um lead e te dá informações como email, idade, empresa e gostos pessoais para que você utilize no futuro. Este é um momento de troca, onde ele permite que você o conheça melhor e você dá a ele materiais relevantes, como e-books, artigos e infográficos, por exemplo. 
  • Venda – Você deu início à transformação de um lead em consumidor e seu objetivo é o fechamento da venda. Aquele usuário atraído foi convertido e você usou suas informações para se relacionar, o que, finalmente, fez ele adquirir seu produto e/ou serviço. 
  • Fidelização – Esse é o momento de encantar o cliente, dando ainda mais vantagens para ele continuar ao seu lado. Ele é valioso, pois está ainda mais próximo de comprar novamente ou acessar um serviço ainda melhor que a sua empresa oferece. Não vire os olhos para um cliente e mantenha-o fidelizado com ainda mais conteúdo relevante, que vá além do que ele já sabe agora e que seja útil para sua própria vivência.

Obviamente, que um funil como esse é uma forma de exemplificar um conjunto de estratégias e meios de relacionamento muito mais complexos.  

O ideal é que as estratégias se conectem e que a empresa conheça seu clientes para encontrar a melhor forma de chegar até ele sem ser um incômodo. Dessa forma, a empresa estará preparada para recuperar clientes que se perderam no funil ou regrediram na hora da venda, por exemplo.

Alguns dados sobre o Inbound

Ainda não está convencido? Então entenda por meio de dados as vantagens de investir em Inbound Marketing em 2021: 

  • O Inbound custa em média 62% mais barato que o marketing tradicional (também conhecido como Outbound Marketing); 
  • Com o Inbound Marketing, empresas que utilizam blogs conseguem 97% mais links apontando para sua plataforma; 
  • 51% dos usuários de smartphones descobriram uma nova empresa ou produto enquanto realizavam uma pesquisa; 
  • 54% dos consumidores desejam ver mais conteúdos de uma marca ou empresa que apreciam; 
  • A média de ROI (retorno sobre investimento) produzido pelo Inbound Marketing é de 275%; 
  • Em média 92% dos profissionais de marketing americanos afirmam que o inbound marketing é imprescindível para as empresas, diante da economia atual; 
  • 90% dos usuários não se decidiram sobre uma marca antes de fazer uma pesquisa; 
  • Cerca de 80% dos usuários focam apenas os resultados orgânicos das buscas. 

Inbound Marketing ainda é o futuro

Apesar de não ser uma estratégia mais tão nova assim, o Inbound Marketing ainda é muito inovador. Vemos inovação especialmente nos setores espalhados pelo Brasil, nichos menores e com desejos mais específicos. Isso porque acabam sendo ainda mais perfeitos para essas estratégias, já que os conteúdos relevantes servem para ensinar e educar o cliente também. 

Especialmente depois de 2020, em um panorama econômico e de negócios completamente mudado pela pandemia, não sabemos quais vão ser as consequências para o futuro. Mas, com certeza, a ideia do Inbound Marketing se fortalecerá ainda mais e se tornará indispensável para muitas empresas. 

Enquanto essas mudanças acontecem nos negócios, perceberemos também clientes ainda mais exigente com suas escolhas. Eles terão muitos opções para se decidir e só irão comprar quando sentirem que a empresa que eles mais se identificaram é também uma autoridade no assunto. 

Seja uma autoridade, dê as informações que seu cliente precisa e não vá até ele sem que ele tenha te dado permissão. Crie materiais ricos, que beneficiem a vida do seu cliente e se relacione com ele para fidelizar e aumentar seus negócios. 

Atrair e não interromper pode ser um modo difícil de entender seu negócio. Mas, a partir do momento que você enxerga a relevância do Inbound Marketing, pode ter a certeza de fazer a escolha certa. Boa sorte!

Leia também: Como planejar o marketing digital da sua empresa para 2021

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Leia também

Últimos Posts

Categorias

Receba nossas novidades

    Últimos Posts

    Categorias

    Receba nossas novidades

      Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *